Site Autárquico São Brás de Alportel

À conversa com a Organização Internacional para as Migrações (OIM) e o projeto no âmbito do Fundo para o Apoio a Nacionais do Reino Unido (UKNSF)

Nesta edição, damos a conhecer não um exemplo de integração mas uma entidade que facilita e apoia essa integração, a qual tem vindo a apresentar-se em São Brás de Alportel. Estamos a falar da Organização Internacional para as Migrações (OIM).

No seguimento da saída do Reino Unido da União Europeia, a Organização Internacional para as Migrações (OIM) em Portugal está a providenciar apoio prático a nacionais do Reino Unido em risco e respetivos familiares, na finalização dos seus pedidos de residência e processos de regularização, por forma a garantir os seus direitos ao abrigo do Acordo de Saída RU-UE.

Este projeto é apoiado pelo Governo do Reino Unido no âmbito do Fundo para o Apoio a Nacionais do Reino Unido (UKNSF), o qual disponibilizou cerca de 3 milhões de libras (GBP) para instituições de beneficência e outras organizações para prestação de apoio a nacionais do Reino Unido a viver na União Europeia. Este projeto é coordenado pela OIM Reino Unido e está a ser implementado em Portugal, França, Espanha, Eslováquia, Polónia, Itália e Alemanha.

“Estamos muito satisfeitos por fazer parte deste projeto e poder apoiar nacionais do Reino Unido a assegurar os seus direitos e a prosseguir em segurança os seus projetos de vida no país, chegando àqueles que mais precisam” disse Sofia Cruz, Encarregada pelo Escritório da OIM Portugal.

Em estreita colaboração com a Embaixada Britânica em Portugal e em parceria com o Alto Comissariado para as Migrações (ACM), a OIM realiza campanhas de sensibilização dirigidas a nacionais do Reino Unido que vivam em Portugal, partilha informação útil sobre procedimentos de residência e providencia apoio direto a pessoas que tenham maiores dificuldades de acesso a informação e aos processos de residência.

Ao passo que a informação facultada online e através de outros meios de comunicação estará ao alcance de todos, a OIM irá disponibilizar apoio específico a indivíduos que enfrentem certos desafios, nomeadamente pessoas com deficiência ou doença crónica, pessoas que enfrentem barreiras linguísticas e de literacia ou barreiras no acesso a tecnologia relevante.

O Fundo para o Apoio a Nacionais do Reino Unido (UKNSF) será implementado até 31 de Março de 2021 e embora tenha escritórios em Faro e Lisboa, o projeto tem alcance nacional. Até agora o UKNSF já apoiou mais de duzentos britânicos e prevê-se que continue a providenciar apoio direto a nacionais britânicos em risco, um pouco por todo o país.

 

Following the United Kingdom’s departure from the European Union, the International Organization for Migration (IOM) in Portugal is providing practical support to at-risk United Kingdom (UK) nationals and their family members to complete their residency applications in Portugal in order to secure their rights under the UK-EU Withdrawal Agreement .

This project is funded by the UK Government as part of the UK National Support Fund (UKNSF) that has made available a total of GBP 3 million for charities and organisations to provide practical support for UK nationals living in the EU. The project is coordinated by IOM UK and is being implemented in Portugal, France, Spain, Poland, Slovakia, Italy, and Germany.

“We are very glad to be part of this project and support UK nationals in Portugal to secure their rights and pursue their life projects in the country safely, reaching out to those most in need”, said Sofia Cruz, IOM’s Portugal Officer in Charge.

Working alongside the British Embassy and in partnership with the High Commissioner for Migration (ACM), IOM will raise awareness among UK Nationals living in Portugal, share accessible information on residency requirements, and provide direct practical support in completing applications for those in situations in which access to information and application processes are difficult.

While information provided online and through other media will be available to all, IOM secures targeted assistance to individuals who face specific challenges, such as people living with disabilities or chronic illness, those facing language and literacy barriers, or barriers in accessing relevant technology.

The UK National Support Fund (UKNSF) will run until 31 March 2021. Although the project has offices in Faro and Lisbon, it has a national reach. So far, the UKNSF has supported over two hundred at-risk UK nationals and is expected to provide continuous direct support to the at-risk UK nationals throughout the country.

 

São Brás de Alportel, novembro de 2020

 

Espaço da responsabilidade do Município de São Brás de Alportel, sob coordenação do Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes, localizado no Centro de Apoio à Comunidade. Textos: Sofia Silva / Carmen Macedo

Caso gostasse que a sua história ou a história de alguém que conhece, fosse contactada nesta coluna, contacte-nos: tel. 289 840 019 / municipe@cm-sbras.pt