Site Autárquico São Brás de Alportel

Jorge Evaristo

Um são-brasense por terras da Suiça…

Jorge Evaristo

“Não é por acaso que se diz que São Brás de Alportel é o Centro do Universo. Estamos localizados geograficamente no centro do Algarve e esse fator contribui para que nos adaptemos rapidamente a vários ambientes, tanto a serra como o mar, a cidade ou a aldeia

Nesta primeira edição, damos a conhecer um verdadeiro homem do mundo: o jovem empresário são-brasense Jorge Evaristo, que já viveu nos Estados Unidos da América, passou pela Holanda e neste momento tem um supermercado/restaurante português na Suiça!

 

Jorge Evaristo nasceu em Faro mas passou os primeiros 3 anos da sua vida nos Estados Unidos da América com a família. Quando a família regressa a Portugal, passam a viver em São Brás de Alportel, terra das suas raízes e que lhe aquece o coração.

“Andei no infantário que existia no antigo Palácio Episcopal, junto ao antigo posto da GNR, frequentei a Escola Básica n.º2 e o Colégio Poeta Bernardo de Passos”, assim começa por recordar a sua vida são-brasense.

Durante a juventude praticou Kempo no quartel dos Bombeiros Voluntários e jogou futebol na Sociedade 1.º de Janeiro. Recorda ainda que comprava cd’s na loja Discoteca STOP e que ia muitas vezes ao Salão de Jogos Replay. Os verões eram passados nas piscinas municipais e dos invernos recorda os passeios ao Parque da Fonte Férrea.

A minha adolescência foi maioritariamente em São Brás de Alportel e é com muito orgulho que digo que os meus melhores amigos são de São Brás de Alportel”, afirma explicando que a partir do 9.º ano de escolaridade passou a frequentar escolas em Faro e em Albufeira, tendo acabado por formar-se em turismo.

“Nunca esqueci as raízes de fazer parte do Centro do Universo”, garante.

A sazonalidade do trabalho no turismo, tão típica do Algarve motivou-o a aceitar o desafio de, em 2011, iniciar uma carreira profissional na Holanda. “Com a ideia inicial de apenas me deslocar durante o inverno, acabei por lá ficar durante 9 anos”, observa.

Jorge define-se como uma pessoa determinada, que não tem medo de arriscar para atingir os seus objetivos. No entanto, admite que teve alguns obstáculos na integração e para conseguir trabalho inicialmente.

Começou por trabalhar na área da logística e armazenamento. “Não foi fácil, pois a maioria dos meus colegas eram da Polónia e da Holanda, com culturas totalmente diferentes”, explica.

A sua perseverança valeu-lhe uma oportunidade para trabalhar em hotelaria passados 6 meses quando foi convidado para trabalhar num hotel de 5 estrelas em Amesterdão, onde acabou por progredir ao longo de 7 anos até atingir o cargo de Chefe de Receção.

“O facto de ser são-brasense ajudou bastante a superar vários obstáculos” em termos de integração. Jorge explica que não é por acaso que se diz que São Brás de Alportel é o Centro do Universo. “Estamos localizados geograficamente no centro do Algarve e esse fator contribui para que nos adaptemos rapidamente a vários ambientes, tanto a serra como o mar, a cidade ou a aldeia”, diz apontando que quando se está fora do nosso país é preciso estar preparado para fazer uma adaptação rápida a uma nova cultura e meio ambiente.

Atualmente, com 34 anos, tem um supermercado/restaurante português na Suíça, projeto a que se dedica em honra do seu avô, já falecido. Refere-nos que acaba por ser um “embaixador” de São Brás de Alportel, uma vez que sempre que tem possibilidade, seja com estrangeiros ou com portugueses, explica de onde é e o que podem conhecer e experimentar em São Brás de Alportel. “Todos estes pequenos momentos e diálogos ajudam-me a manter viva a minha ligação a São Brás de Alportel”, frisa.

Sempre com São Brás de Alportel no coração, Jorge tem por objetivo promover os produtos são-brasenses, encontra-se por isso a estabelecer parcerias com algumas empresas de São Bras para a exportação de alguns produtos e pode mesmo ser um dos primeiros parceiros do Gabinete do Empreendedor do Município no desenvolvimento do projeto Produtos são-brasenses para o mundo. “Tem sido um Desejo insaciável tentar trazer os nossos produtos para cá

Saudades?! “Além da família, sinto saudades dos amigos. Sem dúvida, o elo mais forte que me liga a São Brás de Alportel são os amigos”, confessa, admitindo que com as amizades surgem também as saudades dos convívios, dos jantares no Luís dos Frangos, das noites passadas na esplanada do Ismael (Geoconde), dos folares do João (Pastelaria Ervilha) … e de muitos outros momentos, que fazem crescer as saudades que vão sendo serenadas pelos contactos através da internet, meio que lhe permite também manter-se a par das novidades.

O regresso a Portugal não está fora do panorama e garante que, a acontecer, o destino será sem dúvida São Brás de Alportel.

Para já, “o meu objetivo passa por erguer a bandeira do nosso concelho em terras helvéticas”, conta revelando que para concretizar esta meta só lhe falta mesmo a bandeira!

 


 

Viaje pelo mundo à descoberta dos são-brasenses, em www.cm-sbras.pt

 

Texto: Sofia Silva – Gabinete de comunicação / Coordenação: Marlene Guerreiro

Caso deseje participar nesta iniciativa, contacte-nos: 289 840 019 / municipe@cm-sbras.pt