Site Autárquico São Brás de Alportel

Cinemalua - Sessões de Inverno - RAPARIGAS (LAS NiÑAS)

segunda-feira | 19h00 | Cineteatro São Brás

18 de outubro de 2021

Mais uma rodada

Género: Drama| M12 | Ano: 2020 | 97 min 


Realização: Pilar Palomero;
Argumento: Pilar Palomero;
Fotografia: Daniela Cajías;
Música: Carlos Naya;
Montagem: Sofia Escudé;
Direcção artística: Mónica Bernuy;
Produção: Uriel Wisnia;
Estreia: 2020;
Intérpretes: Andrea Fandos, Natalia de Molina, Zoé Arnao, Julia Sierra;
Duração: 97 minutos;
V.O.: es, ca;
M 12
Género: Drama

 

Sinopse:

“Venho para me confessar, senhor Padre, porque pequei.
– Que pecados haveis cometido, minha filha? – Nem sei.”


No coro de um colégio católico para raparigas, a voz de Celia não deverá ser ouvida. Mas a sua aceitação muda das doutrinas conservadoras de um ambiente absolutamente desprovido de cor e individualidade é abalada pela chegada de uma nova colega, Brisa. Encontrando-se no limiar da adolescência, Celia descobre uma sede de viver em toda a sua glória multifacetada. Rapidamente se desenvolve um laço entre as duas raparigas, e juntas mobilizam-se contra as figuras de autoridade e as suas estritas normas. Através de pequenos actos de rebelião, Celia encontra a coragem para expressar a sua desconfiança crescente no sistema de valores que governa o mundo em que se insere na Espanha da década de 1990, à medida que começam a surgir questões acerca da sua própria família – um tópico sobre o qual a sua mãe sempre se manteve em silêncio. (Leopardo Filmes)

 

Festivais e Prémios:

  • Prémios Goya – Melhor Realização (Pilar Palomero); Melhor Argumento Original (Pilar Palomero); Melhor Fotografia (Daniela Cajías); Melhor Filme
  • Festival de Berlim – Generation Kplus
  • Festival de San Sebastián – Prémio Dunia Ayaso
  • Festival de Málaga – Biznaga de Ouro para Melhor Filme Espanhol (Pilar Palomero); Biznaga de Prata para Melhor Fotografia (Daniela Cajías), Prémio Feroz Puerta Oscura para Melhor Filme (Pilar Palomero)
  • Prémios José María Forqué – Melhor Filme

 

Org.: Cinemalua – Associação Cultural e Município de São Brás de Alportel
Apoiado pela Direção Regional da Cultura do Algarve