Site Autárquico São Brás de Alportel

PARU - Plano de Ação de Regeneração Urbana

Largo de São Sebastião

Mais vida para o coração da vila

Apresentação

Na continuidade do Plano de Revitalização do Centro Histórico, que há muito vem sendo desenvolvido, o Município de São Brás de Alportel elaborou uma proposta de Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU), a qua obteve aprovação no quadro do Quadro Comunitário Portugal 2020.

Este Plano integra um conjunto de projetos/ações públicas, promovidas pelo Município, bem como um conjunto de intervenções privadas, reunindo o compromisso de muitos proprietários do Centro Histórico.

Tendo por base o território definido pela Área de Reabilitação Urbana (ARU), o Plano tem por objetivos valorizar o património e a identidade cultural da comunidade; potenciar a atratividade turística e incrementar dinâmica económica e sociocultural.

  • Intervenções

    > Requalificação do LARGO DE SÃO SEBASTIÃO e Ruas Adjacentes;

    • Fase 1 – Requalificação do Largo de São Sebastião
    • Fase 2 - Requalificação da RUA GAGO COUTINHO
    • Fase 3 - Requalificação do 1.º troço da AVENIDA DA LIBERDADE

    > Reabilitação da antiga retrosaria “4 olhos” – Quarteirão 4 olhos;
    > Reabilitação de edifício na rua Teófilo de Braga para criação de ESPAÇO MEMÓRIA DO MUNICÍPIO;
    > Reabilitação de edifício para ESPAÇO DE ACOLHIMENTO DE ASSOCIAÇÕES LOCAIS;
    > Reabilitação do PÁTIO DO BURGUEL e áreas adjacentes;
    > Reabilitação do JARDIM DA VERBENA e zonas envolventes;
    > Reabilitação do edifício do CINE-TEATRO SÃO BRÁS;
    > Arranjo urbanístico do ESPAÇO EXTERIOR DA IGREJA MATRIZ, com recuperação do património;
    > Reabilitação de antigo edifício para CENTRO DE EXPERIMENTAÇÃO ARTÍSTICA da cortiça e da pedra [projeto em elaboração / aguarda financiamento posterior]

    Em complemento a este plano, a Câmara Municipal desenvolve um conjunto de projetos no âmbito do Plano de Ação de Desenvolvimento de Recursos Endógenos – PADRE – nomeadamente: a reabilitação do Quarteirão 4 olhos e pátio exterior para a criação de Centro de Incubação de Empresas e Empreendedorismo, Cozinha Comunitária e outros equipamentos e espaços ao serviço da comunidade; e a reabilitação da antiga Seção de Cantoneiros para criação do núcleo interpretativo da EN2.

  • Participação Cidadã

    A participação cidadã é na verdade um dos princípios fundamentais da gestão do município de São Brás de Alportel. Desde 2006, é desenvolvido o processo de Orçamento Participativo, sendo este um dos municípios pioneiros na adoção de boas práticas de gestão participada.

    Nesta senda, para a execução dos projetos de maior dimensão e importância na comunidade, a Câmara Municipal procura envolver a população, efetuando consultas públicas. Tal como aconteceu anteriormente, aquando da execução de projetos como as Piscinas Municipais Cobertas ou o Mercado Municipal, no âmbito da elaboração do projeto de reabilitação do Largo de São Sebastião e primeiro troço da Av. da Liberdade, coração da vila, que marca o início do centro histórico, a Câmara Municipal desenvolveu um processo de consulta à comunidade para a elaboração do Plano de Ação de Regeneração Urbana.

    Este processo de consulta à comunidade integrou a realização de sessões públicas, para as quais foram convidados os residentes e comerciantes da zona a intervir; reuniões com a Comissão Municipal de Preservação do Centro Histórico e com a Comissão Municipal de Trânsito; e apresentações nas reuniões da Câmara Municipal e Assembleia Municipal.

    No âmbito deste processo, a autarquia desenvolveu uma ação, convidando todos os munícipes a apresentar propostas e sugestões, podendo fazê-lo no Gabinete do Munícipe ou no sítio do município na Internet.

  • Contactos

    Mais informações: Divisão de Urbanismo da Câmara Municipal / 289 840 000 / centro.historico@cm-sbras.pt