Site Autárquico São Brás de Alportel

Materias Primas Tradicionais

A mãe Natureza dá-nos matérias de qualidade sem comparação. Entre as matérias primas tradicionais do nosso território encontram-se a atabua, o esparto, o barro e a empreita, das quais nascem produtos originais e muito úteis no nosso quotidiano.

  • Atabua e esparto

    Juntamente com o vime, a atabua cresce junto às ribeiras, sendo depois utilizada para fazer o assento das cadeiras tradicionais.

    Também o esparto é material essencial à produção de peças úteis na vida quotidiana.

    Conheça alguns artesãos que trabalham esta arte: 

    Atabua e esparto

  • Barro

    Cabia tradicionalmente aos homens esta atividade, os quais adquiriram o nome de telheiros. No tempo em que as construções eram essencialmente feitas de barro, a profissão de tijoleiro era certamente comum, mas com o passar dos tempos foi-se perdendo e só recentemente o tradicional tijolo “burro’’ e o ladrilho “tijoleira’’ ganharam maior importância visto constituírem bonitos objetos para a decoração de paredes e soalhos.
    Hoje os tradicionais telheiros acolhem projetos de inovação e empreendedorismo e merecem uma visita atenta.

    Conheça o Roteiro Geológico dos Telheiros Tradicionais

  • Empreita

    A empreita é a arte de trabalhar as folhas de palma. Existe um prévio tratamento da palma, seguindo-se depois a produção de inúmeros objectos tais como alcofas, bolsas, esteiras, tapetes, um conjunto de utensílios que antigamente eram utilizadas quer para apoio aos trabalhos no campo, quer como utensílios domésticos.

    Conheça alguns artesãos que trabalham esta arte:

    Maria Francisca Martins

    Custódio Cavaco