Site Autárquico São Brás de Alportel

Encontro “Turismo em Tempos de Desafios” lançou sementes de sinergia e empreendedorismo em São Brás de Alportel

Fazer das dificuldades oportunidades na área do turismo, numa aposta clara nas parcerias, após dois anos de pandemia e perante o atual momento incerto que está a ser vivido no contexto europeu e mundial, foi o grande objetivo de um encontro que junto uma centena de agentes do setor do turismo são-brasenses, dando a conhecer os mais diversos projetos e potencialidades nesta área estratégica de desenvolvimento económico. Ainda na senda do empreendedorismo, realizar-se-á no próximo dia 15 de junho a 2.ª edição do Fórum do Empreendedorismo onde serão revelados projetos inovadores são-brasenses.

01 de maio 2022

O Município de São Brás de Alportel promoveu a 31 de março o Encontro “Turismo, tempo de desafios”, no Salão Nobre da Câmara Municipal, tendo contado com a participação massiva dos empresários são-brasenses ligados ao turismo, num conjunto diversificado de setores, com especial ênfase para o alojamento e a restauração, mas também o artesanato e a produção local e os projetos turísticos, ligados à natureza e ao património, mas também ao turismo industrial, numa imensidão de potenciais parcerias, que foram sendo apresentadas, ao longo de uma tarde preenchida de empreendedorismo e visão de futuro.

“Estamos em tempo de partilhar para criar parcerias e ultrapassar as dificuldades para fortalecer São Brás de Alportel”, afirmou o presidente da Câmara Municipal, Vítor Guerreiro na sessão de abertura deste fórum.


O projeto “Algarve for all”, na área do turismo acessível, aposta prioritária no Município de São Brás de Alportel, a Rota da EN2, que é um fenómeno de atratividade turística e que no concelho tem um ponto de paragem obrigatória com a Casa Memória da EN2 que tem sido um sucesso, a Via Algarviana, iniciativa da ALMARGEM como o apoio dos município, mas também a Rota Mediterrânica, promovida pela IN LOCO, numa área à qual o município tem vindo a dedicar muita atenção e eventos âncora como a Quinzena Gastronómica e a Festa das Tochas Floridas no âmbito do turismo religioso fora alguns dos projetos em destaque.

A recente aposta no autocaravanismo, que em São Brás de Alportel já tem pontos de referência e o grande projeto da Rota do Caldeirão, que o município está a desenvolver para valorizar o forte potencial paisagístico e cultural da área serrana do concelho, a par com a candidatura ao Programa “Aldeias de Portugal”, na área do turismo de natureza, foram também revelados neste fórum em que o Município pretendeu fomentar sinergias no âmbito da sua estratégia de desenvolvimento turístico.

Ao apresentar as mais diversas potencialidades e projetos, a vice-presidente da Câmara Municipal, com o pelouro do Turismo, Marlene Guerreiro sublinhou a estratégia de conjunto que o município tem vindo a prosseguir: “não há um sustentável investimento no turismo se não se trabalharem todas as outras áreas de forma integrada”, demonstrando as diferentes dimensões desta aposta, que não se fica pela promoção direta dos setores do turismo, mas por um investimento estratégico ao nível das acessibilidades, da renovação urbana, da qualidade ambiental e da valorização da cultura e das artes, enquanto elementos diferenciadores do território.

A todos os participantes foi distribuído um kit de “Desafios de Turismo”, com um largo conjunto de informações atualizadas do setor, elementos de interesse e potenciais parceiros.
Marlene Guerreiro desvendou ainda o véu para alguns projetos que o Município pretende desenvolver e que podem ter impacto direto na área turística, entre os quais a valorização do Parque da Fonte Férrea “Caminhos da Fonte Férrea”, a reconversão do antigo depósito de água para criar um miradouro e a transformação de um antigo lagar na Oficina das Artes.

Dar a conhecer potencialidades, projetos e oportunidades, promover o melhor conhecimento e sinergia entre todos estes agentes estimular a criatividade e o empreendedorismo e fomentar parcerias foram objetivos deste fórum.

A sessão contou com a intervenção do presidente da direção da Associação da Rota dos Municípios da EN2, Luís Machado, que falou sobre este projeto cuja oferta considera inigualável, genuína e diversificada e que é complementar ao turismo de sol e mar.  Uma rota que tem uma característica interessante pois cada vez que cada município atrai turistas para o seu concelho através da rota está também a “angariar” potenciais turistas para os restantes municípios que pertencem à rota. Um desafio que deixou ao concelho de São Brás de Alportel que, pela sua excelente localização tem capacidade para atrair os turistas do litoral algarvio.

Apesar das reservas turísticas para o Algarve estarem a atingir valores interessantes e isso ser um sinal de esperança, o presidente da Região de Turismo do Algarve, João Fernandes, diz que o grau de incerteza ainda é grande, particularmente nos mercados emissores com fronteiras com a Rússia. Também ao nível do mercado interno que nos últimos dois anos deu preferência a destinos turísticos nacionais, começa agora a notar-se novamente a reserva de férias além-fronteiras.

Aos empresários deixou um alerta: “Atenção aos custos”. O acesso a bens e serviços está a ficar mais caro em consequência da situação bélica entre a Rússia e a Ucrânia e João Fernandes considera que este é um dos desafios atuais a par da captação de recursos humanos competentes. Perante um vasto público, lembrou que o Turismo de Portugal tem várias linhas de apoio abertas para apoiar os empresários do setor.

A grande participação no encontro levou a organização a preparar, desde já, a realização de um segundo encontro, que deverá ocorrer no terceiro trimestre do ano para apresentar algumas parcerias que foram fruto desta estratégia, bem como dar a conhecer alguns projetos que estão em curso, nomeadamente a criação de um novo conjunto de Percursos Pedestres e a abertura da Casa da Serra – Núcleo Interpretativo da Serra do Caldeirão, em Parises.

Ainda na senda do empreendedorismo, realizar-se-á no próximo dia 15 de junho a 2.ª edição do Fórum do Empreendedorismo onde serão revelados projetos inovadores são-brasenses.