Site Autárquico São Brás de Alportel

Recorde de Bilheteira comprova sucesso da Feira da Serra 2022

03 de agosto 2022

Depois de uma paragem forçada pela pandemia, a Feira da Serra de São Brás de Alportel regressou no passado fim de semana ainda mais jovem, com mais dinâmica, mais inovação e experiências únicas que cativaram os cerca de 38.600 visitantes, numa edição que superou as expetativas e os números de 2019, comprovando o sucesso de um Certame que é a grande montra do Algarve genuíno.A pandemia alterou o formato original da Feira da Serra durante dois anos, mas o regresso, aguardado por tudo e todos, não poderia ter sido melhor: uma feira da Serra viva, dinâmica, de valorização identitária e elevação de projetos e investimentos inovadores que traçam novos caminhos rumo ao futuro da região e do país.Inaugurada no passado dia 28 de julho, numa cerimónia presidida por sua Excelência o Ministro do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro, a Feira da Serra reafirmou assim a sua componente ambiental e de sensibilização para o futuro da Serra e das suas gentes. “ Um caminho que passa pela prevenção, sensibilização e de valorização dos produtos endógenos como forma de fixação de pessoas e fortalecimento da dinâmica económica dos territórios”.O Presidente da Câmara Municipal, Vitor Guerreiro sublinhou o “investimento da autarquia neste que é o maior evento do concelho e que em 4 dias convida milhares de visitantes a regressar 365 dias a São Brás de Alportel e ao Algarve.” Referiu ainda que “o município assumiu com seriedade o compromisso para a adaptação e mitigação das alterações climáticas e em especial para a eficiência hídrica encontrando-se a decorrer um conjunto de ações e medidas que visam contribuir de forma sólida para a redução da pegada ecológica e consequente minimização dos impactos ambientais”.A Cerimónia inaugural contou ainda com as intervenções da Presidente da Comissão Organizadora da Feira da Serra e vice-presidente da Câmara Municipal Marlene Guerreiro, o Presidente da CCDR Algarve, José Apolinário e ainda o Presidente da Região de Turismo do Algarve João Fernandes, entre outros autarcas e representantes regionais e locais de diferentes entidades.A nível ambiental, o certame fortaleceu a sua mensagem de sensibilização e preservação ambiental ao escolher como convidado de honra o medronho e o medronheiro, dada a sua capacidade de resiliência perante as adversidades climáticas e regeneração pós incêndios, símbolo maior de esperança e superação. As potencialidades do fruto foram trabalhadas e apresentadas de forma inovadora no Palco Sabores e inspiraram novas receitas e sugestões nos restantes espaços da Feira.

Feira da Serra Mais Jovem e dinâmica!Em Ano Europeu da Juventude, a Feira da Serra apresentou-se a mais jovem de sempre. Em 2022 o Certame alcançou recorde de jovens voluntários e inaugurou o novo Palco Jovem, por onde passaram cerca de 70 jovens e se apresentaram novos projetos musicais e artísticos da região. Este palco contou ainda com um momento muito especial: a assinatura do Protocolo entre o Município e a Federação Nacional de Associações Juvenis a consolidar a adesão do município à Rede Nacional de Municípios Amigos da Juventude. Uma cerimónia que contou com a presença do edil são-brasense, Vitor Guerreiro, a vereadora da Juventude Marlene Guerreiro, o Delegado Regional do Instituto Português do Desporto e da Juventude, Custódio Moreno e ainda o Presidente da Federação Nacional de Associações Juvenis, Marco Santos.A presença dos jovens na Feira da Serra superou edições anteriores com a participação de 80 voluntários em ações de promoção e divulgação, montagem, desmontagem e apoio no recinto; intensa participação na iniciativa “São Brás Fashion” e em todos os setores da feira. Uma adesão que reflete o envolvimento da comunidade são-brasense, o sentimento de pertença, identidade e cidadania que se vive no seio da juventude são-brasense e que é motivo de orgulho para a Comissão Organizadora. “O grande envolvimento dos jovens na feira da serra que sentem como sua, é a maior conquista e a garantia que a Feira da Serra tem futuro!”

Magia cultural em palcoO Palco Principal da Feira superou todas as expetativas, com uma multidão nos quatro dias do certame, conquistada pela qualidade nacional e internacional dos artistas convidados e pela inclusão e acessibilidade do público, independentemente das limitações com um espaço para pessoas com mobilidade reduzida. O palco onde marcaram sempre presença grupos musicais com participação de músicos são-brasenses, recebeu os D.A.M.A, no primeiro dia da Feira e o tributo aos eternos Queen com “Break Free – Queen’s Tribute Show”, num momento absolutamente memorável, na sexta-feira. No sábado o palco foi inundado com a beleza do comércio local no São Brás Fashion, numa parceria entre o município, a Associação de Comércio e Serviços da Região do Algarve, lojistas, com o apoio de salões de cabeleireira e estética, e a participação de jovens modelos são-brasenses que abraçaram uma vez mais este desafio; onde se seguiu a atuação de Carlão. No domingo, foi o a quente voz de Bonga que com os sons do mundo encerrou o programa.Nesta edição especial o Palco Sonoridades acolheu pela primeira vez uma peça de teatro familiar, entre muitas outras atuações musicais e de dança, com destaque para a participação do Grupo Alma Algarvia, proveniente da Argentina com razies são-brasenses nos seus antepassados e que continua a perpetuar as raízes são-brasenses e algarvias de geração em geração.O novo Palco Jovem fez as delícias dos mais novos com desmonstrações de música e dança mais arrojadas, dando a conhecer diferentes projetos artísticos, bem como o talento e potencial dos mais jovens. Os sabores também foram protagonistas no Palco Sabores com demonstrações diárias pela mão de conceituados chef’s de cozinha com sugestões inovadores de aplicação e utilização do medronho, da aguardente e outros derivados. As degustações constantes contemplaram ainda diferentes produtos à base de medronho, provenientes de distintos produtores, numa mostra diversificada do que melhor que se faz na região.A inovação subiu ainda a palco para dar a conhecer produtos diferenciados que acrescentam valor à região, entre os quais “Medronho Bottle”, uma bebida inovadora desenvolvida a partir de medronho, um biscoito comestível para animais e humanos “Bake My Dog”, o valor nutricional dos “Microvegetais” e ainda as criativas sugestões à base de amêndoa de “BudaBites”.A magia da arte equestre marcou encontro com os visitantes no Picadeiro que além de demonstrações regulares de equitação, proporcionou experiências únicas de batismo de equitação e contacto com os cavalos aos mais pequenos, reservando ainda espaço para espetáculos equestres todas as noites, numa bonita simbiose entre a mestria dos cavaleiros, a elegância dos cavalos e a beleza da música e da dança.Importa ainda referir que a alegria e boa disposição foi uma presença constante nas Feira com dinâmicas e interação criadas por diferentes marionetas humanas e bandas musicais.

Experiências, saberes e sabores que ficam na Memória!O convite a viver a Feira da Serra na primeira pessoa, em família, entre amigos e/ou com o animal de estimação foi aceite com vivacidade pelos visitantes nos 18 setores que preenchem os hectares do recinto. A alma da Feira fortalecida pelas gentes que lhe dá é certamente o maior segredo do Certame que ganha todos os anos novas dinâmicas e perspetivas sobre a diversidade territorial do Algarve.O coração da Feira, Aldeia Serrana, composta por cerca de 120 expositores, conquistou os sentidos mais exigentes com artesanato, produtos típicos e de doçaria, conduzindo ainda ao Encontro de Ofícios, onde os mestres de sabedoria ancestral mostraram ao vivo como fazer empreita de palma, o moer milho para fazer xarém, o ofício de sapateiros, entre outras artes. A alimentação mediterrânica e tipicamente serrana foi outro atrativo do recinto patente nos diversos restaurantes e tascas do Encontro de Sabores.O novo espaço “Mar da Serra” trouxe aromas de maresia ao recinto num Bar de praia e onde não faltaram as pranchas de surf são-brasenses “Ferox”, com deliciosas sugestões serranas que refrescaram os “turistas”.Para os mais jovens o Certame reservou um mundo de aventuras no Sítio dos Curiosos, com ateliês, jogos, arborismo, pinturas faciais e muito mais e ainda um convite muito especial para visitar o Sítio dos animais e conhecer os animais típicos da região, num bonito contributo à valorização e preservação da fauna local. Uma viagem fantástica de emoções e boas recordações que ficam na memória o ano inteiro!