Site Autárquico São Brás de Alportel

Homenagem ao ilustre José Lourenço Viegas assinala Comemorações do Cinquentenário do Hospital de São Brás de Alportel

Homenagem ao ilustre José Lourenço Viegas assinala Comemorações do Cinquentenário do Hospital de São Brás de Alportel

07 de novembro 2016

São Brás de Alportel recuou no tempo, mais precisamente até dia 6 de novembro de 1966, para recordar o momento muito especial da inauguração do Hospital José Lourenço Viegas, edifício que hoje acolhe o Centro de Saúde do município. A cerimónia recordou o nascimento de uma obra que veio mudar por completo o panorama da saúde no concelho, tendo sido prestada homenagem ao mentor do projeto, o são-brasense José Lourenço Viegas.

As cinco décadas de história do Hospital José Lourenço Viegas foram assinaladas este domingo, dia 6 de novembro, numa Cerimónia Comemorativa do Cinquentenário do Hospital são-brasense, desde o seu nascimento até dar lugar ao atual Centro de Saúde de São Brás de Alportel. Esta importante unidade de saúde foi possível graças à bondade e determinação de José Lourenço Viegas, um filho da terra, da diáspora, que sonhou e tornou real um projeto determinante para o concelho.

Juntamente com a sua esposa, Leonor Carrera Viegas, este ilustre são-brasense financiou a construção da obra e equipou devidamente o Hospital, que foi entregue, numa fase posterior, à Santa Casa da Misericórdia de São Brás de Alportel. Em sua homenagem, o Provedor da Santa Casa, Júlio Pereira, na Cerimónia Comemorativa do Cinquentenário salientou “o homem e o são-brasense que foi [José Lourenço Viegas], merecedor de todo o respeito e consideração de todos nós. É nossa responsabilidade perpetuar a sua memória e garantir condições para melhorar a sua obra”.

A homenagem foi também a todos os homens e mulheres que passaram por esta unidade de saúde, desenvolvendo um trabalho de qualidade em prol da saúde e do bem-estar dos utentes.Esperemos que, à semelhança dos últimos 50 anos, este Centro de Saúde continue a ser uma obra de pessoas para pessoas”, reforçou o Provedor Júlio Pereira na cerimónia comemorativa.

Atualmente com gestão da Administração Regional de Saúde do Algarve, ARS Algarve, o Centro de Saúde de São Brás de Alportel acolhe a Unidade de Cuidados na Comunidade UCC Al-Portellus e a unidade de cuidados de saúde personalizados de São Brás de Alportel. Nos últimos anos têm sido detetadas algumas fragilidades e a necessidade de melhoramentos no edifício, que carece de obras de conservação, uma responsabilidade da ARS Algarve, e a quem já tinha sido dado conhecimento da urgência da intervenção.

O Presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel, Vítor Guerreiro, congratulou estas cinco décadas de história de “um percurso que se fez ultrapassando obstáculos, superando desafios e que culminou com a construção de um edifício essencial para o desenvolvimento do concelho, bem como a garantia de uma melhor prestação de cuidados de saúde para a toda a comunidade - uma atitude repleta de altruísmo da parte do benemérito José Lourenço Viegas, personalidade que São Brás de Alportel vai recordar sempre”, afirmou o Presidente.

A celebração do Cinquentenário do Hospital de São Brás de Alportel reuniu no espaço do atual Centro de Saúde o Presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel, Vítor Guerreiro, os vereadores Marlene Guerreiro e Acácio Martins, o presidente da Assembleia Municipal, Ulisses Brito, o presidente da ARS Algarve, João Moura Reis, o presidente da Junta de Freguesia, David Gonçalves, o Provedor da Santa Casa da Misericórdia, Júlio Pereira, a coordenadora da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados, Margarida Agostinho, a responsável pela Unidade de Cuidados na Comunidade Al-Portellus, Cidália Palma, e mais de cem antigos e atuais colaboradores do Centro de Saúde e inúmeros são-brasenses que quiseram fazer parte deste dia de grandes emoções.

As comemorações prosseguem no dia 18, sexta-feira, com a realização de uma tertúlia sobre este meio século de História, na Galeria Velha do Museu do Trajo, pelas 18h30. Em simultâneo decorre a exposição informativa de rua para contar a história deste edifício que foi um marco muito importante na História do concelho são-brasense.